Redação do Enem tem como tema a formação educacional de surdos

O tema da redação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) este ano é “Desafios para a formação educacional de surdos no Brasil”. A informação foi dada pelo Inep no início da tarde do domingo 5.

Os vestibulandos terão de elaborar um texto dissertativo-argumentativo sobre o tema, com argumentos consistentes e apresentar uma proposta de intervenção.

A novidade é que os estudantes não terão de se preocupar em respeitar os direitos humanos. A presidente do Supremo Tribunal Federal, Carmem Lúcia, negou na tarde do sábado 4 os pedidos da Procuradoria Geral da República (PGR) e da Advocacia Geral da União (AGU) para permitir ao Ministério da Educação (MEC) atribuir nota zero às redações do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) com teor considerado ofensivo.

Com isso, mantem-se a decisão do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1) do último dia 25 que já proibia os examinadores de zerarem os textos que infringissem os direitos humanos.

A medida ainda poderá ser revista pelo STF no julgamento de mérito, ocasião em que a PGR e a AGU podem se manifestar novamente.

Nesta primeira fase do Enem, além da redação, os estudantes devem responder a 90 questões de linguagens e ciências humanas. Na próxima etapa, no dia 12, eles resolvem 90 questões relacionadas à Ciências da Natureza e Matemática.

Fonte: Carta Capital

Data: 06/11/2017

 
Educafro Minas - Centro Franciscano de Defesa de Direitos
Av. Amazonas, 314 - sala 310 - Centro
Belo Horizonte/MG - CEP - 30180-001
Tel: (31) 3271-3038
Província Santa Cruz
Praça São Francisco das Chagas, nº195 - Carlos Prates, Belo Horizonte/MG