NOTA DE APOIO AS 48 HORAS DA GREVE NACIONAL DA EDUCAÇÃO
Informações
            Informações             Notícias             NOTA DE APOIO AS 48 HORAS DA GREVE NACIONAL DA EDUCAÇÃO
Opinião > nota de apoio as 48 horas da greve nacional da educação
02/10/2019 Opinião NOTA DE APOIO AS 48 HORAS DA GREVE NACIONAL DA EDUCAÇÃO GREVE NACIONAL DA EDUCAÇÃO
A+ a-

NOTA DE APOIO AS 48 HORAS DA GREVE NACIONAL DA EDUCAÇÃO


Belo Horizonte, 02 de outubro 2019


A Educafro Minas vem a público manifestar seu total apoio a Greve Nacional da Educação, em defesa da universidade pública, gratuita e aberta nos dias 02 e 03 de outubro, em consequência aos golpes que atingem de forma negligente o direito à educação. Não podemos conceber políticas que imponham retrocessos.


Não podemos deixar que nos tirem progressos que atenderam a população preta e pobre desse país, nos dando a impressão que a senzala estava se aquilombando, oportunizando a entrada destes nas universidades. Há anos vemos a desconfiguração e extinção de políticas públicas, estruturas legais e administrativas que garantem à educação pública seu compromisso democrático. No mesmo sentido, a desvalorização do trabalho dos educadores e outros profissionais que atuam no campo da educação, a criminalização do conhecimento, de seus criadores e gestores. Mais uma vez, estamos lutando contra medidas que colidem com os direitos humanos e sociais em todas as instâncias. A Educafro Minas, defensora da Constituição Federal (1988), crítica apoiadora da Lei de Diretrizes e Bases (1996) e do Plano Nacional de Educação (2014), visa para além dos acordos e avanços que não atendem na integridade toda a camada popular, com um projeto de sociedade inclusivo, democrático e antirracista manifestamos nossa inquietude com os constantes ataques aos direitos de educadores e trabalhadores da educação e convocamos a todas e a todos a mobilização.


A defesa da democracia e da educação pública é hoje a defesa de que cada pessoa, educador, trabalhador e estudante, em cada sala de aula no Brasil, seja sujeito de seus direitos de ensinar e aprender, com liberdade, valorizando a diferença na e com democracia, questionando as parcialidades que reforçam os sistemas de dominação.


Educafro Minas

Nome:
E-mail:
E-mail do amigo:
DEIXE UM COMENTÁRIO
Outros Artigos...